terça-feira, dezembro 25, 2012

VOTAÇÃO DO MELHOR LANÇAMENTO DE 2012

Se acharem que falta algum lançamento relevante nesta POLL escrevam nos comentários. (Atenção: Relevante)

Mr. Miyagi preparam novo àlbum:

Podem ouvir um tema de avanço " nothing else matters" na página deles:

Stoner Rock de Barcelos : Kilimanjaro


domingo, dezembro 23, 2012

The Hives e Cindy Lauper em duelo de Natal:


Clockwork Boys em banda desenhada ( brevemente)

* IMAGEM DO 1º ESBOÇO

Etiquetas: ,

Um dos melhores álbuns de Hardcore ( BAD BRAINS)



Uma boa banda americana dos anos 80 que vale sobretudo pelo material que gravou no começo, porque depois tiveram várias fases más, inclusivé uma fase Rock FM comercial e vários álbuns medíocres onde predominava o reggae sound. Neste álbum homónimo já se encontram alguns temas de Reggae, mas o hardcore rápido é uma constante ao longo do àlbum.
D.O.A, Bad Brains, Black Flag, Circle Jerks ou Crucifix foram bandas pioneiras dentro do género hardcore. Os canadianos D.O.A são muitas vezes referidos como os pais do hardcore e a palavra hardcore surge pela primera vez em 1981 num álbum deles chamado «Hardcore´81» .

One Way System (Official Video 2012)


Wrecking Crew (US Hardcore)


Swr Barroselas 2013


O festival Swr Barroselas do próximo ano de 2013 confirma nomes como Pentagram, Manilla Road, Onslaught e muitos mais. Estão de parabéns por tomarem a iniciativa de trazer a Portugal bandas do mais alto calibre como é o caso dos Pentagram.
Aqui ficam os Links para poderem seguir com mais atenção os detalhes deste evento:

http://www.facebook.com/events/383645198378980/?ref=ts&fref=ts

http://www.swr-inc.net/swrinc/

Um conto de fadas...


sábado, dezembro 22, 2012

Videoclipe de Pentagram:


Tony Carreira e os Clockwork Boys desejam-vos boas festas!!!

 
* Foto tirada ontem nos estúdios da RTP durante a gravação da entrevista aos Clockwork Boys na Antena 3 para o programa Portugália da autoria de Henrique Amaro.

Etiquetas: ,

Token Entry featured on Free For All ( Hardcore Compilation )


Hoje é dia de Barreiro Rocks !!!




sexta-feira, dezembro 21, 2012

Novo videoclipe dos Holygators !!!


Mais uma banda Hc Punk a seguir com atenção: Shitmouth (Gaia/Porto)

Destruction Eve disponibilizam as suas duas demos para download gratuito !!!

quinta-feira, dezembro 20, 2012

Entrevista póstuma a Marquês, vocalista dos Avô Varejeira ( Punk Rock do Alentejo )


1. Podes-nos contar um pouco acerca da longa história da banda, sei que começaram ainda muito jovens em 1989 e que duraram várias décadas, mas muita gente não sabe ou conhece mais coisas acerca da banda.

Bem não se pode dizer que temos uma longa história, pelo contrário.
Começámos muito cedo sim, com 13 ou 14 anos de idade queriamos era fazer barulho e berrar e era isso que faziamos. Durámos até 92, ano em que demos o "último" concerto.
Depois o Avô Varejeira ressucitou em 2008 ao aceitar um convite feito pelo Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre para um concerto de reunião da banda. 

A banda esteve activa mais dois anos. Demos 4 concertos acho eu.
O Avô Varejeira raramente saiu de casa para tocar noutros palcos. Éramos um grupo de amigos todos do mesmo bairro.
Tocávamos para os amigos e para quem nos quisesse aturar, e nunca partimos para uma postura mais profissional ou mais séria. Com a reunião em 2008 conseguimos atingir um nível melhor musicalmente, porque houve de facto investimento da banda, mas acabámos por nos dissolver.

2. Porquê na altura a escolha do nome  Avô Varejeira ?

Andava à procura de um nome para a banda porque estávamos fartos do nome que tínhamos antes ( Sulfamidas ) que até é bem fixe. (nota de editor: concordo).

Até que um dia, estava a folhear o Blitz - uma das coisas que gramava no jornal era ler sobre as bandas que existiam por esse país fora na altura - e então achei piada ao nome de uma banda que se chamava Pai Melga. Avô Varejeira surgiu como uma espécie de "superlativo".

3. Quais eram as vossas principais influências músicais?

Na altura o pessoal curtia o punk em português: Veneno dos Peste & Sida, Xutos, Mata-Ratos... e o british dos Sex Pistols aos Toy Dolls e Exploited. Depois apareceu a cena hardcore com D.R.I., Suicidal Tendencies, e o boom dos Censurados.
Éramos putos e andávamos na onda. Hoje, acho que musicalmente muita coisa boa me passou ao lado na altura mas pronto, faz parte. A música tinha de ser agressiva...

4. Quais os principais assuntos abordados nas vossas letras e quais os teus temas preferidos dos Avô Varejeira? 

Os temas abordados são a crítica e sátira social. Ás vezes ganha contornos mais políticos outras vezes é mais a vivência e a experiência humana que está em foco. Também se abordam ambientes fictícios série B e comics como o próprio Avô Varejeira sugere. Os meus temas preferidos... não sei... "odeio o teu mundo", "sem rei nem rock", "o cicerone", "jaime C." .... sei lá já nem me lembro das músicas eheh.

5. Chegaram a editar nos primórdios da banda algum material mais antigo?                                  Que material têm editado até aos dias de hoje? 


Nunca editámos nada oficialmente. Eu fiz um DVD do concerto de 2008, fiz outro do de 2010 que nao cheguei a divulgar.
Também fiz e pu
z a circular um DVD com o concerto de 92 onde se pode ver bem "o que" nós éramos na altura e o ambiente.
O concerto de 92 foi filmado em VHS e é uma preciosidade enquanto registo histórico - enfim nós não tocávamos grande coisa mas é engraçado ver.

6. A banda terminou actividade recentemente, mas fica-se com a ideia de que a banda deixou um grande legado, sobretudo na vossa região do Alentejo, partilhas da mesma opinião?

"Grande legado" acho que é puxado, mas criámos, ou melhor, criou-se, uma certa mitologia à volta do nosso nome. Se calhar devido a termos começado muito cedo e termos ganho a simpatia do público portalegrense . Depois já sabemos que efeito causa o "desaparecimento" prematuro.... eheh

8. Que novos projectos tens acompanhado? Existem por aí pela vossa terra algumas bandas novas que aches que merecem divulgação?

Sempre houve aqui bandas, não muitas, mas sempre houve. Estamos a falar da capital de distrito mais "atrasada" da Europa e de um meio relativamente fechado ao exterior - refiro-me aos acessos - é difícil cá chegar e é difícil sair para quem não tem transporte próprio. Neste momento há uma boa diversidade de estilos musicais a serem praticados pelos jovens aqui da terra e o pessoal até se esforça e tem gosto nas cenas que faz e se antes achava que havia um bocado falta de cultura musical, hoje acho que há bastante mais e que se leva as coisas mais a sério.
Dentro do punk temos os Skina Carroça que tocam um punk sujo e cru que é mais do meu agrado. Estes putos, os Skina têm 2 ou 3 malhas muito boas. Muito orelhudas como "faca no pescoço" e "pirata punk". se procurares no Youtube és capaz de encontrar ( nota de editor: sim conheço bem, já publicámos o vídeo deles aqui no blog e conheço o João Delicado).

9. Vocês foram uma banda que ia atrás das coisas, nao ficavam parados à espera que as coisas acontecessem, e a ideia que tenho é que o vosso material é todo auto-editado por vocês, estou certo?

Sim estás certo. É o D.I.Y. levado ao extremo. eheheh

10. Haverá a possibilidade futura de vir a acontecer um outro concerto de reunião da banda?

Bom, não quero fazer futurologia, mas não será fácil voltar a reunir os Varejeiras. 

É mais provável que eu apareça a tocar com amigos algum ou outro tema dos Varejeiras e temas novos que ando sempre a compor. Agora ando a ensaiar umas coisas com pessoal também dentro do "cantado em português" mas é muito mais abrangente em termos de estilos musicais, desde o popular ao folk punk blues passando pela canção ligeira.

11. Palavras Finais ( caso queiram acrescentar alguma cena) :

Opa, obrigado pelo interesse e pela atenção.
Realmente gostava de tocar convosco. Talvez um dia, nunca se sabe.
Eu se conseguisse um meio de substência num lugar com mais músicos e música e diversão ia já fazer as malas mas tenho de trabalhar para pagar uma renda, por isso deixo-me estar.
Mais uma vez obrigado pela atenção e interesse. Um grande abraço ( nota de editor: outro grande abraço e boa sorte nos novos projectos musicais.  Fica combinado um copo um dia destes).


http://www.facebook.com/pages/AV%C3%94-VAREJEIRA/122715434424040?fref=ts

( link da página de facebook da banda)

Fiquem com um vídeo ao vivo  no Centro de artes e espectáculos de Portalegre :


Etiquetas:

Eskizofrénicos - Animal Anti-social ( novo tema ao vivo)

quarta-feira, dezembro 19, 2012

Jack Tragic & The Unfortunates !!! ( Us Classic Band )



segunda-feira, dezembro 17, 2012

Novo videoclipe dos CadavernRoll de Vila Franca de Xira

Download gratuito do primeiro single das Anarchicks

domingo, dezembro 16, 2012

Black Bombaim ( Barcelos) featuring Steve Mackay dos Stooges no saxofone


Um super clássico dos Adolescents !!!


La mejor banda del Planeta!!! Eskorbuto!!!

segunda-feira, dezembro 10, 2012

Esta 5ª feira a não perder concerto dos The Bourbons plus DJ Marion Cobretti


domingo, dezembro 09, 2012

Concerto dos 30 anos de Cise Total


Os Crise Total estão de volta para celebrar os 30 anos desde a fundação da banda, e preparam um novo lançamento 7" single com dois temas inéditos gravados em estúdio, bem um deles não é bem inédito é o tema polícia de intervenção que veio uma gravação ao vivo no LP compilação Tour de Farce ( una raridade dos 80s) , e o outro tema sim esse é realmente inédito, é o tema Manifesto à Realidade que também vinha incluído na célebre cassete com os 2 concertos da banda ao vivo no RRV.  Venha daí essa bolacha!!!

Rock das Cadeias: Dezembro 2012
Get your own Box.net widget and share anywhere!