terça-feira, abril 30, 2013

Uma review sobre os Iron Sheiks por Zé Abutre



The greatest Australian punk wrestling band ever.

A 'wrestlemania thrash punk band (Spencer) which was around from 1986-1995.
Members included, Peter Christopher (aka Stan Brock), Rod Archer (aka Big Boss Daddyman), Domenic Larizza (aka DD Fister), Gerry McCaffery (aka Tarz), Mick Morris (aka Gordon Bennett).

A popular band with the hard rock and punk scene both here and interstate, they released two albums both with Greasy Pop Records, Do you sell beer here? and Do you fancy me?. Both titles came from the Australian bikie film Stone. Peter Christopher and Mick Morris, originally with The Plague, went on to The Meatbeaters. Domenic Larizza also played with the Mad Turks and Gerry McCaffery with Kaos. Dave Gray, who played a number of shows on bass with the band, had also played with the Handmedowns and went on to join Melbourne group Rocket Science.

The band has played the occasional gig since their halcyon days.

Discography:

Do you sell beer here? EP released by Greasy Pop in 1988

Do you fancy me? album released by Greasy Pop in 1990

Absolutely sheik CD album released by Bastard records in 1996

tracks The Fonz and Kid scoop on compilation The post tour ep released by Shock records in 1993

Concertos a não perder na Associação Fantasma Lusitano !!!




https://www.facebook.com/AssociacaoFantasmaLusitano?group_id=0

WHISKEY FUNERAL SÃO UMA BANDA OBRIGATÓRIA PARA QUALQUER FÃ DE PUNK N ROLL E A BANDA DE TRIBUTO AO JIMMY HENDRIX VALE MESMO A PENA VER ESTA SEMANA NA ASSOCIAÇÃO NO BAIRRO ALTO. OS BILHETES SÃO 5€ E DÃO DIREITO A CARTÃO DE SÓCIO DA ASSOCIAÇÃO. A ÚNICA QUE REALMENTE PROMOVE E APOIA O UNDERGROUND PORTUGUÊS A SÉRIO.
APAREÇAM E AJUDEM  A DIVULGAR ESTA VOSSA CASA, PARA QUE LUGARES COMO ESTE NUNCA MORRAM, POIS O ROCK É IMORTAL !!! 


Los Roques ao vivo !!!

sábado, abril 27, 2013

Realmente são gente com talento, isto é melhor que o Big Brother

Uma das maiores bandas rock portuguesas dos 70´s

quarta-feira, abril 24, 2013

Concerto Streetpunk a não perder, no lugar do costume...

terça-feira, abril 23, 2013

Artigo da Vice sobre este vosso amigo:

Concertos na Associação Fantasma :

segunda-feira, abril 22, 2013

Um concerto mui sui generis...

A Liberdade é a possibilidade de isolamento...

O que me importa o que a vida é para os outros?

A Liberdade é a possibilidade do isolamento.

És livre se podes afastar-te dos homens, sem que te obrigue a procurá-los a necessidade do dinheiro, ou a necessidade gregária, ou o amor, ou a glória, ou a curiosidade, que no silêncio e na solidão não podem ter alimento.

Se te é impossível viver só, nasceste escravo. Podes ter todas as grandezas do espiríto, todas da alma:
és um escravo nobre, ou servo inteligente: NÃO ÉS LIVRE !!! Não está contigo a tragédia, porque a tragédia de nasceres assim não é contigo, mas do destino para si somente. Ai de ti, porém, se a opressão da vida, ela própria te força a ser escravo. Ai de ti, se, tendo nascido liberto, capaz de te bastares e de te separares, a penúria te força a conviveres. Essa, sim, é a tua tragédia e a que trazes contigo. Nascer liberto é a maior grandeza do homem, o que faz o ermita humilde superior aos reis, e as deuses mesmo, que se bastam pela força, mas não pelo desprezo dela. A morte é uma libertação, porque morrer é não precisar de outrém.
Não toquemos na vida nem com as pontas dos dedos.
Quedar-nos-emos indiferentes à verdade ou mentira de todas as religiões, de todas as filosofias, de todas as hipóteses inútilmente verificáveis a que chamamos ciências. 
Tão pouco nos preocupará o destino da chamada humanidade, ou o que sofra ou não sofra em seu conjunto.
Caridade para com todos, intimidade com nenhum.
Vive a tua vida. Não sejas vivido por ela.
Na verdade e no erro, no gozo e no mal estar, sê o teu próprio ser. Só poderás fazer isso sonhando, porque a tua vida real, a tua vida humana é aquela que não é tua, mas dos outros.
Despreza tudo, mas de modo que o desprezar te não incomode.
Não te julgues superior ao desprezares.
A arte do desprezo nobre está nisso...

Bernardo Soares

Ajudante de guarda - livros na cidade de Lisboa

«in, O Livro do desassossego»

Prova Oral ...

Hookers em Portugal !!!

De visita obrigatória e próximo do E.P.L. ( ainda dá para visitar a familía no mesmo dia )...



Alfinete nr º 5 já à venda nos quiosques do costume !!!


Como o prometido é devido, O Alfinete volta a carga, desta vez envolto em lantejoulas e aspergindo glitter (risos). O presente número, o quinto, apresenta, não sei se pela primeira vez, a discografia Marginal Portuguesa Glam-rock/Junkshop/Proto-Punk, um pequeno apanhado dos singles de bandas estrangeiras lançados em Portugal. Além disso, há uma biografia, senão a mais completa, é uma das mais completas da banda Portuguesa Opinião Pública, um texto sobre o primeiro e único Festival Rock Cascais 1980, uma entrevista a banda inglesa The Stiffs, entrevista aos Portuenses Eskizofrénicos, uma biografia dos algarvios Psycho Tramps, Clockwork Boys, The Heartbreakers "L.a.m.f.", Paralisis Permanente, Punk na Polónia, The Roxy Club, críticas a discos....

P.I.L em solo nacional ...

sexta-feira, abril 19, 2013

CRÓNICA DE UM CAOS ANUNCIADO


A atmosfera na sala estava pesada, o ar estava rarefeito, substâncias ilegais eram consumidas a uma velocidade galopante.
Muito antes do concerto começar, já havia mijo, beatas no chão ou "garulas" como preferirem, cuspo, cerveja, vinho e garrafas partidas no chão.
Marion Cobretti provoca, choca, cospe e anda à porrada com o público enquanto conta histórias sobre personalidades alienadas e gente de má fama que conspira nas ruínas dos bairros escuros e sujos de Lisboa. ( Bairros de Socialismo Puro e Duro).
A dor passa o ódio fica e começa a missa, a descida ao inferno é feita ás gargalhadas sem culpa nem remorso, sem passado nem futuro e onde o futuro é uma faca afiada.
Solta a cobra que há em ti, segunda facada, um tema já clássico há alguns anos e cantado em uníssono por muitos dos "garulas" presentes. Um tema dedicado a todas as ovelhas negras e a todos os postos de parte desta sociedade balofa e metida na gaveta. Os temas vão-se sucedendo, e segue-se o tema Vida Maldita, uma película real e decadentista das muitas horas fechado no quarto a ressacar e a imaginar o mundo com todo o desprezo que ele merece.
Em seguida, a malha Rebeldes Tatuados e Marion Cobretti pede sangue... e droga.
Glória aos Piratas vem logo em seguida, um hino á liberdade e à boémia, aos caminhos tortuosos que se percorrem na busca de prazer na inconsciência da noite. E segue-se o clássico dos pelados e relvados, Fernando Xalana era Rock n´ Roll, um dos temas mais antigos da banda e também um dos mais celebrados e reconhecidos por parte do público. E então, um dos meus temas preferidos, Tenho o Diabo no Corpo, foi também este tema que mais caos gerou dentro e fora do palco numa perfeita comunhão, celebrando a vitória da decadência rumo à alienação.
O pecado não mora ao lado, o pecado mora aqui onde habitam seres sombrios e marginais, de vidas feitas atrás das grades, de rock feito nas cadeias, de vicíos, mentiras,traições, de curas e recaídas, de sangue, suor, sémen e morte.

A seguir ao tema Casino, Marion Cobretti dispara novamente.

Querem mais carrocel?

Atirem moedinhas.

E a banda abandona o palco no meio dum enorme  lixo e caos, no meio de discos foleiros partidos à dentada e à cabeçada, de crucifixos e correntes,  de postais do Bruce Lee e de estatuetas alucinantes roubadas em lojas de segunda mão duvidosas, onde cada um sobrevive como pode para orientar uns trocos para enfrentar o inferno do dia-a-dia.

*Artigo escrito pelo meu amigo Kadáver ou José Maria dos Santos Vale na ficha da polícia do Calvário se preferirem.
Lisboa, 13-04-2013, Concerto dos Cavalaria 77 + Clockwork Boys no Fantasma Lusitano   Créditos da 1ª foto : Ana Sod   Créditos das outras fotos por Carlos M.Silva  






Zé Litro (R.i.P.) um bem-hajas por haver-te conhecido e aguarda por mim aí nos céus porque havemos de nos voltar a encontrar, seja de novo no inferno na terra numa reencarnação marada, ou que seja por aí no paraíso dos céus ( se é que ele realmente existe) ...

Esta pequena dedicatória é do editor e "senhor" director do blogue.

Tiveste a homenagem que merecias !!!

Cavalaria 77 em breve terá a sua review aparte, porque também são a segunda banda mais honesta que pisou o planeta terra e ainda um "produto"com alguns defeitos de fabrico mas com muita avaria e os colhões no sitío.

«77 Punk Rock, Feira Popular e Carrinhos de Choque, 77 Punk Rock, Vivendo no Limite, próximo ao choque».

quinta-feira, abril 18, 2013

TEMPO DE GUERRA

Uma noite de punk barra pesada : Em breve a "Crónica dum Caos Anunciado"






É SÓ JOGO SUJO ...

Estive no Huambo por: Cavalaria 77 ( em breve num palco próximo de ti... )

As canecas de Satã e o nosso fotógrafo indío ...

O trabalho é só mais tarde é hora do passeio da manha ...


Esta minha t-shirt dá-me logo uma boa desculpa para comportamentos mais enlouquecidos...

Foto por : Joe Jared ( O JiJi Indío do Speed Trash/ Punk Metal da Selva )

Os Garulas da Antiga ... ( *direitos de autorais do Tio do Kadáver, o Ti Vitela que gamava a casa ou barraca do lado)

O pecado sempre mora ao lado...

Thrilled by Death Punk Rock de Torres Vedras



FERRO  VELHO E CARRINHOS DE CHOQUE

GANDA SANHOR !!!!




O Pedro Silva foi o grande vencedor do passatempo do concerto de abertura.


Ganhou um pack com uma T-shirt. uns boxers, um sticker e um Pin.

Parabéns para ele e para a banda pelo excelente novo CD álbum.

A 2ª BANDA PUNK MAIS HONESTA DO PLANETA !!!




COLAPSO  POR CAVALARIA 77...

 

SINTO-ME A SUFOCAR

NUM NÓ DE GRAVATA

EU PROCURO E PROCURO

MAS O DESEMPREGO MATA...


JÁ SINTO A DEPRESSÃO

A TOMAR A CONTA DE MIM

ESTA VIDA É UMA PUTA SUJA

SÃO SÓ PROBLEMAS SEM FIM


NO MEIO DO DESESPERO

PRÓXIMO AO COLAPSO

VOU PROCURANDO A ADRENALINA

SÓ PARA DAR MAIS UM PASSO


SÃO SÓ FALSAS PROMESSAS

QUEBRAM-SE TODAS AS REGRAS

ANDAM-NOS A ROUBAR O PÃO

A CONDUZIR-NOS À MISÉRIA...


CONDUTAS NEGLIGENTES

COM ACENO DO PRESIDENTE

ROUBAM-NOS CADA VEZ MAIS

ATÉ O OURO DOS MEUS DENTES


   CAVALARIA 77  ROUBAM DISCOS...

Crise Total com um novo velho single na calha !!!

Concerto imperdível amanhã na associação mais alternativa !!!!

domingo, abril 07, 2013

Próximo Sábado !!!


Na abertura ás 22h00 em ponto tocam os Cavalaria 77 como homenagem ao nosso amigo Zé Litro que faleceu. Cavalaria 77 são um projecto com o vocalista de Clockwork Boys mais amigos do Bairro da Ajuda e ás 22h30 em ponto começa o concerto dos Clockwork Boys.
Rock das Cadeias: Abril 2013
Get your own Box.net widget and share anywhere!